Condicionada à ilusões

Olhos negros como uma noite sem luar
Palavras ditas ao vento
Meu corpo estremece ao te ver se afastar
Angustia invade meu pensamento
Você se retirou da minha vida
Não conseguiu suportar minhas frustrações
Me deixou sem saída
Condicionada à ilusões
E agora o que eu faço?
Com aquela música que eu fiz para você?
Aquela que diz que jamais desataria o laço
E jamais conseguiria te esquecer!
As lembranças machucam mais que a ausência
Elas me fazem saber que foi real
E por alguma razão perdeu a essência...
O que eu fiz pra te perder?
Talvez foi algo que eu não fiz
E te fez não mais me querer
Talvez meu defeito Foi esse meu jeito...
Agora não faz diferença, você já foi embora.



                              

                           Joelma Heiligen

Sobre Fixação Literária

Fixação LiteráriaSomos jovens escritores que almejam um lugar nesse vasto campo que é o universo literário e termos a chance de acrescentar na amargura do mundo uma gota de criatividade, duas colheres de elegância e uma pitada de imaginação. Créditos imagem - Mell Galli
Recommended Posts × +

0 comentários:

Postar um comentário