É aí?

E então, o que vai hoje? Um agasalho, café ou um "sinto muito"? Porque foi só o que você pôde pedir nos últimos tempos depois de fazer o errado e se arrepender, mas senta e espera porque tem muitos na fila.
E aí, sente?
É... eu também. Eu fiquei mal, chorei e senti. Senti muito por achar que o príncipe ainda vinha a cavalo. O frio me rodeava e a neblina branca do "O que eu fiz de errado?" me cegava os olhos. E era frio. Muito frio. Você sente esse frio?
Eu posso te dar um agasalho, mas esquece o meu nome em troca...
E aí, foi divertido?
Eu soube que sim, que até um dia desses você ainda estava eufórico e contente, pensava em viajar para aproveitar cada espaço do mundo, mas durou dias até você lembrar que estava devendo ao seu coração uma máscara de alegria também. E aí você voltou. Tão puro e forte quanto o Whisky que tomou para esquecer qualquer coisa entre nós.
Quando eu fechava os olhos à noite, me perdia no escuro de suas desculpas sem fundamentos. E era vazio. Você sente esse vazio?
Agora, na sua neblina de embriaguez eu te pagaria um café só para vê-lo sozinho em uma mesa de barzinho com frio e olhar perdido. Ah, eu pagaria.
E aí, tá sentindo?
Aproveita, porque é o último gosto que ainda saboreio vindo de você: o sabor do seu arrependimento.
Dói, machuca, fere. Não é? Mas não cutuca a ferida. Não me cutuca. Não me procura. Não mande mensagens, não precisa. Eu já sei que você sente muito, e eu também...
É, sinto muito por você.
E aí, tem algo mais a dizer?

- LoreM.

Sobre Fixação Literária

Fixação LiteráriaSomos jovens escritores que almejam um lugar nesse vasto campo que é o universo literário e termos a chance de acrescentar na amargura do mundo uma gota de criatividade, duas colheres de elegância e uma pitada de imaginação. Créditos imagem - Mell Galli
Recommended Posts × +

0 comentários:

Postar um comentário