Meu mar

Eu vejo o mar todo dia
Vejo o sol acordar e dormir
Estou nesse paraíso,sentada a brisa
Encontro-te todo dia,mas sei que não podes me ouvir.
Sei que você é mar e que uma hora vou ter que te deixar partir.
Logo,sento-me na areia a te observar,vejo. O sol,vejo-te ó mar,e na mesma hora sinto sua voz:o vento à uivar,me chamando intensamente a ir ao seu encontro para te amar.
Mas sou uma sombra que sonha em se tornar sol,para finalmente te contemplar na sua vida eterna.


Taina Alves Dager

Sobre Fixação Literária

Fixação LiteráriaSomos jovens escritores que almejam um lugar nesse vasto campo que é o universo literário e termos a chance de acrescentar na amargura do mundo uma gota de criatividade, duas colheres de elegância e uma pitada de imaginação. Créditos imagem - Mell Galli
Recommended Posts × +

0 comentários:

Postar um comentário