Questões da Vida

Questões da Vida


Já parou pra pensar o que somos um do outro?
O que eu represento pra você?
O que você significa pra mim?
Qual parte do sentimento começa e até onde ele termina?
(Se é que termina.)
Deveríamos saber que acasos não existem.
Mas que temos o poder de escolher.
Imagina podermos nos apaixonar por quem quisermos!
Cairia pela metade o número de erros cometidos e lágrimas derramadas.
Mas qual seria a graça nisso tudo?
Crescemos esperando mudanças espetaculares em nossas vidas.
Imaginamos como será o primeiro beijo ou o primeiro namorado.
É nessas horas que percebemos que na vida muita coisa é instável.
Que nenhum desses primeiros episódios param por ali.
As coisas são mutáveis. E sinceramente, prefiro assim.
Qual seria a probabilidade de termos sido vizinhos?
De desenvolvermos sentimentos um pelo outro em uma curta distância?
Será que nesse contexto a ordem dos fatores alteraria o resultado?
Às vezes, eu tenho certeza que eu vim nesse mundo só pra te encontrar.
Em outras, tento me convencer que isso é imaginação de quem lê demais.
Tenho medo.
Medo do que vou sentir quando colocar os olhos em você.
Medo de me perder nos seus olhos, no seu sorriso, na sua boca.
Medo de ter seu corpo unido ao meu e descobrindo que lugar melhor não há.
E medo de tudo isso acontecer só na minha mente. Afinal, nada é garantido.
Eu gosto de você. Mas eu não sei que gostar é esse.
Acho que é o mesmo que você sente por mim.
Eu sei que não devemos fantasiar nada.
Mas no nível em que alcançamos, isso é mais do que difícil.
É quase impossível. Digo por experiência própria.
Você me faz sentir especial toda vez que nos falamos.
E eu me sinto tão mais feliz sabendo que você existe de verdade.
E você é tão talentoso com as palavras, que eu reproduzo sua voz nelas.
Eu poderia ficar horas colada ao seu corpo só te olhando.
E é por tudo isso que eu continuo falando com você.
Eu vou pagar pra ver.
~Vanêssa Carvalho

Sobre Fixação Literária

Fixação LiteráriaSomos jovens escritores que almejam um lugar nesse vasto campo que é o universo literário e termos a chance de acrescentar na amargura do mundo uma gota de criatividade, duas colheres de elegância e uma pitada de imaginação. Créditos imagem - Mell Galli
Recommended Posts × +

0 comentários:

Postar um comentário