Quais são as conseqüências de nossa obsessão cultural pelo "novo"?

É um fato que hoje em dia tudo é sinal de plágio e isso está encarnado no terror do século XXI para o mundo literário: A obsolescência da literatura brasileira.

Eu sou Iago Victor e hoje nós vamos falar sobre um problema que tem afetado toda a comunidade de escritores do Brasil. 



      O fato é que no cenário atual, em pleno Julho de 2015 e olhando ainda mais para o passado, cinco anos atrás, é difícil lembrar de um livro escrito por um autor brasileiro que não faça parte da mídia (Paulo Coelho, por exemplo) e que tenha feito sucesso em território nacional.

      A verdade é que a população brasileira tem uma certa "facilidade" em aceitar a cultura de outros países e ignorar a própria cultura. Certo, nesse momento surgem pessoas que dizem que não fazem isso, mas não estamos trabalhando com uma tiragem de uma pessoa, estamos falando em larga escala. A população brasileira quase que como um todo tende a apreciar muito mais a literatura americana ou inglesa do que a literatura brasileira, por exemplo.

     Isso significa que nossa literatura não é tão boa quanto a americana/inglesa? Não!

     Está integrada a cultura brasileira a "péssima mania" de aceitar tudo o que vem de fora e rejeitar o que vem de dentro, isso pode ser visto no cinema nacional e na literatura. Quando olhamos para o cinema, pode-se dizer que a falta de interesse por 60% do público pelo cinema nacional se dá pela baixa tecnologia e efeitos especiais que infelizmente não faz parte da nossa realidade. Ok, mas e a literatura?

      Vamos seguir esse exemplo bem simples para entender esse problema:

      Entre os livros mais vendidos no mundo, o único livro de nacionalidade brasileira que aparece entre a relva de títulos estrangeiros é o livro "O alquimista"de Paulo Coelho que ocupa o 25º lugar na lista. Não existe outro título brasileiro nessa lista que vai até 50 títulos.



       A literatura brasileira é realmente boa? Sim! Claro que é!

      O problema é que estamos nos fartando do prato do vizinho e permitindo que nosso prato azede.

     O cuidado que estamos tendo com a literatura estrangeira está pondo em xeque a nossa própria literatura, fazendo com que escritores jovens e sem qualquer prestígio na mídia (como eu) tenha que mandar suas obras para a América do Norte ou para Europa, para que lá essa ideia seja comprada, desenvolvida e depois chegue aqui como um livro de autor estrangeiro. 

       O estrangeirismo na nossa literatura está afetando maleficamente a qualidade de nossa literatura, fazendo com que jovens escritores percam o apreço por escrever e deixem de sonhar com o dia em que seus livros sejam publicados e sua arte reconhecida.

      Quer comprovar o que eu falo? Vá até sua estante de livros e compare seus títulos nacionais com os internacionais. 

       Dê mais importância para a literatura nacional contemporânea, ela é linda e muitas vezes está pronta para suprir sua necessidade de amor em seu coração, estando disposto para passar as noites em sua cabeceira olhando você dormir e adentrando seus sonhos.

Acredite na literatura brasileira, porque nós nunca desistiremos de vocês.

________________________________________
Olá, me chamo Iago Victor, escritor, marido dedicado e professor de Literatura, Língua Portuguesa e Língua Inglesa nas horas vagas. De vez em quando toco guitarra e violão e invento de gerenciar um blog, que por sinal amo muito!!

"Eu faço o meu melhor para formar os melhores."  

Sobre Fixação Literária

Fixação LiteráriaSomos jovens escritores que almejam um lugar nesse vasto campo que é o universo literário e termos a chance de acrescentar na amargura do mundo uma gota de criatividade, duas colheres de elegância e uma pitada de imaginação. Créditos imagem - Mell Galli
Recommended Posts × +

0 comentários:

Postar um comentário