Projeto Borboleta - Julgar ou ajudar?

Olá galera! 

Vocês sabem algumas coisas sobre mim e sobre minha história, mas existem coisas que nós não conhecemos sobre ninguém e uma delas é que eu (sim, eu mesmo, Iago) fui um dos precursores de um movimento que ajudou e ainda ajuda muitas pessoas aqui no Brasil.

Vocês devem ter ouvido falar de um projeto chamado "Projeto Borboleta" que ajuda jovens na recuperação e tratamento da depressão/automutilação. 

O que muitos não sabem é que esse projeto nasceu originalmente no ano de 2009 e foi idealizado por jovens que praticavam a automutilação. Esse projeto nasceu em uma corrente de blogs americanos e não tardou a alcançar a maior ferramenta de acesso a jovens sentimentais: Tumblr.

Eu fui um dos responsáveis por implantar no Brasil o Projeto Borboleta através do meu antigo Tumblr conhecido como "minhafugadomundo". Meu antigo Tumblr (com cerca de 100.000 seguidores em 2011) foi responsável por ajudar aproximadamente 10 mil adolescentes durante o período de 2009 a 2012, sendo essa a maior taxa de retribuição até hoje.

Quando soube do projeto eu decidi que deveria ajudar esses adolescentes que sofriam desse triste problema e me juntei a outros adolescentes na época para implementarmos o projeto aqui no Brasil. No começo foi difícil, ninguém dava credibilidade e era difícil acreditar que um dia ajudaríamos tantas pessoas. 

O projeto consiste em convencer jovens a não se automutilarem através de um incentivo especial. Eles desenham uma borboleta nos seus pulsos e dão um nome a ela, sempre que você se corta, você machuca a pessoa que é homenageada no desenho. Desta forma, você se motiva através dessa pessoa a não se cortar para que não lhe cause um mal. Dessa forma, a automutilação acaba por se extinguir da vida da pessoa. O desenho é uma forma de retratar alguém muito especial perto de você, e demonstrar o quanto os cortes afetam não somente quem os pratica, mas também quem está próximo e mantém relações de afeto para com quem sofre desse mal. Nada mais é do que uma forma de lembrar que alguém nos ama e que nos quer bem.

O meu primeiro caso foi uma garota chamada Letícia, ela tinha 14 anos e sofria de depressão por conta de separação familiar e se automutilava constantemente. Trabalhei com ela em cima desse projeto e com o passar dos meses ela parou de se automutilar e espalhou a notícia (e o projeto) para outros adolescentes e conhecidos. Esse trabalho de formiguinha acabou gerando resultados inesperados e quando nos demos conta, tínhamos na mão um projeto que estava ajudando adolescentes do Brasil inteiro.

O que começou com uma simples ideia melhorou a vida de milhares de garotas e garotos que sofriam de depressão. O Tumblr foi reconhecido oficialmente no Brasil, em parte por conta desse projeto.

Hoje em dia, embora a depressão seja uma doença muito séria, a mesma é levada como uma questão de modinha, onde adolescentes se dizem incompreendidos e dizem que sofrem de depressão (quando na verdade não sabem nem o significado morfológico da palavra).

A depressão é um assunto sério e a automutilação é mais ainda, podendo em muitos casos levar ao suicídio. Antes de julgarmos aqueles que REALMENTE sofrem de depressão, é necessário que nós tenhamos ciência de que podemos condenar uma vida apenas com uma frase. O diferencial desse projeto era que através de diálogos era possível recuperar a autoestima das pessoas e perdemos esse costume hoje em dia.

Cuidado quando for julgar alguém que se automutila, ela pode precisar mais de ajuda do que você pensa. Se encontrar alguém que sofra desse mal, indique a ela o projeto Borboleta. Ele pode sim fazer a diferença na vida delas.

Sobre Fixação Literária

Fixação LiteráriaSomos jovens escritores que almejam um lugar nesse vasto campo que é o universo literário e termos a chance de acrescentar na amargura do mundo uma gota de criatividade, duas colheres de elegância e uma pitada de imaginação. Créditos imagem - Mell Galli
Recommended Posts × +

0 comentários:

Postar um comentário