Uma tarde de verão

Em um dia não muito quente, nem muito frio, mas perfeito, uma família vai fazer um piquenique no parque. É uma família pequena, só a mãe, o pai, a filha e o cachorro.

No parque escolhem um lugar calmo cercado por árvores, Fernanda, a mãe, estende a toalha no chão e começa a arrumar o que trouxeram, um pequeno banquete. Enquanto isso o pai brinca de cavalinho com a filha e o cachorro correndo atrás, uma cena divertida.

O pai deixa a pequena brincando com o cachorro e vai ajudar a mãe. Arrumando tudo, eles deitam e ficam em silêncio observando a natureza a sua volta e escutando as risadas da sua filha.

A pequena brinca fazendo bolhas de sabão e o cachorro tenta come-las, ela ri muito.
Fernanda chama a pequena pra vir comer, o primeiro a chegar é o cachorro, todo alegre e saltitante com a criança atrás. Eles sentam e juntos comem os sanduíches feito pela mãe e filha, na preparação a cozinha ficou toda suja, mas foi um ato prazeroso para ambas.

Terminado, o pai beija a mãe e a filha e vai deitar na grama debaixo de uma árvore e tirar uma soneca. A pequena deita no colo de sua mãe e uma fica observando a outra, o amor que sentem pode ser sentido de longe. Fernanda acaricia o rosto da sua filha e passa a mão em seu cabelo, liso como o da mãe.

As duas estão deitadas uma do lado da outra, só escutando o cantar dos pássaros, uma linda melodia. 

As duas sentam e se olham, sem precisar dizer nada, levantam e começam a dançar de mãos dadas ao som da natureza, do cantar dos pássaros.

-Danielle M.


Sobre Fixação Literária

Fixação LiteráriaSomos jovens escritores que almejam um lugar nesse vasto campo que é o universo literário e termos a chance de acrescentar na amargura do mundo uma gota de criatividade, duas colheres de elegância e uma pitada de imaginação. Créditos imagem - Mell Galli
Recommended Posts × +

0 comentários:

Postar um comentário