72 Horas de Tensão - Resenha

Fala galera, tudo bom com vocês?

Hoje, teremos a resenha de um livro que falei meses atrás aqui no blog, e se chama 72 Horas de Tensão. Para não ser repetitivo, quem quiser conferir a sinopse do livro que já está no blog, é só clicar nesse link aqui (Leia a Sinopse).

Bom, sem enrolação, vamos a resenha!

O livro narra a história a história de Cristina, que se torna alvo de um grupo de ladrões por conta do seu emprego, pois a mulher trabalha em um banco. Sua irmã é sequestrada por esse grupo e forçam Cristina a colaborar com um complicado plano que tinha como objetivo roubar a fortuna de um bicheiro do Rio de Janeiro.

A história ainda conta com um personagem policial, sendo ele o responsável por adicionar o caráter "romântico" a esse romance policial. A história discorre em uma trama envolvente, narrando as 72 horas que Cristina dispõe para tentar salvar sua irmã. O conto é narrado hora em perspectiva da própria protagonista e hora na visão dos demais personagens (3ª pessoa).

Certo, vamos então à avaliação:

Eu não costumo gostar de livros de romance policial, até porque a maioria deles aborda mais o romance do que a própria ação e isso muito me incomoda, no entanto, em 72 Horas de Tensão eu notei que o romance aconteceu de forma bem leve, chegando até a ser esquecido em grande parte da obra, deixando assim a ação como destaque.

Outro ponto a ressaltar é a ordem cronológica da história. Você precisa estar muito atento para as datas nos inícios dos capítulos, pois existem digressões e avanços no tempo-espaço da história e se você não prestar atenção nisso pode acabar se perdendo.

A história ocorre sem muitas surpresas, ao menos na minha opinião, não existe nada de tão fantasioso no golpe e nem nos fatos recorrentes durante a história, dá para convencer o leitor de que aquilo seria possível na vida real e isso é sempre interessante. 

O final, para alguns leitores, foi algo surpreendente e inesperado, para outros foi levemente previsível e para mim foi um final digno à obra. Eu cogitava o final por estar sempre imerso em histórias de investigação criminal na literatura e no fim minhas suspeitas estavam certas, mas como eu mesmo disse, esse desfecho surpreendeu outros e pode te surpreender também.

Ainda sobre o final, diferente de muitas obras que vejo por aí, o final se encaixou com a história, não acabou per destruir todo o enredo como muitos autores fazem (infelizmente), e isso fez com que a obra me conquistasse, mesmo sendo de um gênero que não tenho tanto apreço.

O que mais me marcou na história é o fato de tudo o que acontece independer de erros de terceiros, ou seja, tudo o que acontece, se dá pela competência dos envolvidos (e não direi o que é porque não dou spoiler!).

Recomendo fortemente a leitura dessa obra. Não conheço ainda essa editora (Autografia), mas creio que devemos dar credibilidade tanto à ela quanto a autora que surpreendeu quem leu 72 Horas de Tensão.

Nota: 9/10.

Sobre Fixação Literária

Fixação LiteráriaSomos jovens escritores que almejam um lugar nesse vasto campo que é o universo literário e termos a chance de acrescentar na amargura do mundo uma gota de criatividade, duas colheres de elegância e uma pitada de imaginação. Créditos imagem - Mell Galli
Recommended Posts × +

3 comentários:

  1. Olá,
    Fiquei muito contente com a resenha que o blog Fixação Literária fez sobre o meu livro, saber que alguém que não se interessa tanto assim pelo gênero gostou do livro, me deixou muito contente. Agradeço aos responsáveis pelo blog, pelo apoio e por essa ótima resenha.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nesse final de ano faremos um "evento" especial e vamos escolher os livros que mais gostamos esse ano, aguarde que esse nome surgirá nessa lista :)

      Excluir
    2. Opa! muito obrigada <3
      Que felicidade :)

      Excluir