Está Tudo Bem?

Está Tudo Bem?

Original de: Dominyke M.

   Você nunca perguntou se doeu em mim, e eu sei que quando você perguntava se estava tudo bem, você não queria ouvir a verdade. As coisas não estavam bem, nunca estiveram. Mas, quem liga? Você nunca quis ouvir meus dramas, e mesmo que eu insistisse, nunca me contava os seus. Foi assim, o silêncio tomou conta da gente. 
   Hoje nada mais restou, nem se quer as migalhas, estas, o vendo levou e se encarregou de soprá-las bem longe, longe dos meus braços, que insistiam de catá-las, juntar cada migalha e guardar na palma da mão. Torcendo pra que as mesmas fossem o suficiente para alimentar o amor que vivia em nós, mas ele morreu de fome. 
   O amor lutou por tempos sem aquelas malditas migalhas, lutou até partir o coração, em dois, em mil. E eu, que de partidas estava farta, tive que te ver ir, sem nem olhar para trás, sem nem perguntar se estava tudo bem.


___________________________________________________________________________

Dominyke Mello, 18 anos, carioca, apaixonada por literatura. Cursa Biomedicina e já publicou um livro. É amante do suspense e do romance. Atualmente é uma das integrantes da Família Fixação Literária.




Sobre Fixação Literária

Fixação LiteráriaSomos jovens escritores que almejam um lugar nesse vasto campo que é o universo literário e termos a chance de acrescentar na amargura do mundo uma gota de criatividade, duas colheres de elegância e uma pitada de imaginação. Créditos imagem - Mell Galli
Recommended Posts × +

1 comentários:

  1. Eu não sei quem você é Dominike, mas tu escreve muito bem! Tá de parabéns

    ResponderExcluir