Como assassinar um romântico.

Como assassinar um romântico.


Original de: Iago Victor (2011)


Menosprezes os gestos de carinho que ele lhe dedica,
Zombes das provas de amor que ele lhe concede,
Ignores os pedidos de afago que ele lhe suplica,
Diminui as lutas árduas que ele trava para te ter,
Plantes a dúvida em seu coração,
Faça-o inseguro de si e molda-o como covarde
E então diga em sua face que não o ama.
Aí, precisamente aí, terás assassinado o romântico.

Mas não te esqueças que o que nasce na morte do romântico
Não é belo, mas É vil e por natureza mau, escuro como o breu,
Da ira de Zeus, do fogo de Apolo,
Da ciência de Hades, do réquiem de Orfeu.
Quando sentires falta do romântico que tua própria mão calou,
Que seus olhos julgou e seu corpo encantou,
Rezes aos deuses, algozes eternos, perpétuos
Que tragam teu romântico
Que se fores de real sentimento
Talvez, apenas talvez, voltes a tê-lo.



Sobre Fixação Literária

Fixação LiteráriaSomos jovens escritores que almejam um lugar nesse vasto campo que é o universo literário e termos a chance de acrescentar na amargura do mundo uma gota de criatividade, duas colheres de elegância e uma pitada de imaginação. Créditos imagem - Mell Galli
Recommended Posts × +

0 comentários:

Postar um comentário