Entrevista com Diogo Simões

Fala galera! Cá estamos nós com mais uma entrevista!

Eu sou Iago Victor, seu anfitrião, e dessa vez vamos conversar com uma promessa da literatura, estou falando do:
Diogo Simões

(Lembrete: Entrevista dada em Português de Portugal, caros leitores ♥)


Diogo, sendo você um escritor jovem, com uma escrita, segundo seus leitores, cativante e calorosa  nos diga. Como foi a experiência de publicar um livro ainda tão jovem?

     Olá Iago! Antes de mais obrigado pela oportunidade e pelo seu trabalho com a Fixação Literária. É mesmo bom ver este apoio à literatura!
     Voltando à pergunta… O que posso dizer? Foi assustadora e entusiasmante. Acho que são essas as palavras que se podem enquadrar no que senti na altura. Primeiro pela difícil entrada que se pode ter no mercado editorial, e entusiasmo por estar desejoso de saber o que os leitores iriam achar da história que tinha escrito com os meus 17 anos. Tive a sorte de encontrar a Chiado Editora, que tem como ideologia a publicação de autores contemporâneos, o que tornou tudo mais fácil. Depois disso foi a crescente troca de e-mails, o envio do manuscrito, o design de capa, e a promoção para um bom lançamento. Publiquei o livro com os meus 19 anos, pelo que experiência era coisa que ainda não tinha. Mas, verdade seja dita, quando fazemos o que fazemos por gosto, não há desafios que não consigamos fazer frente. Foi uma experiência bastante boa, em que aprendi muito e mal posso esperar para pôr em prática o que apendi com novos lançamentos.

E sobre o livro “O Bater do Coração”, como você poderia resumir em cinco palavras o livro para nossos leitores?

     Imprevisível. Romântico. Dramático. Sexy. Divertido.

Qual o enredo do livro?

     Quando os leitores começam a ler “O Bater do Coração” conhecem a personagem principal, Laura. Uma rapariga com o seu “nariz empinado” e “muito segura de si mesma”. Conhecem-na quando está a fazer uma viagem, o que torna tudo bastante interessante. Conseguem ver a personagem em pleno crescimento emocional e as suas batalhas em transitar de jovem para jovem-adulta. Claro que acontece algo na viagem. Algo que fará com que Laura fique com a sua vida de pernas para o ar…
Contudo, tenho de vos alertar para algo… É que não irão apenas ler sobre o ponto de vista da Laura… Curiosos?

O que você gostaria de dizer para os leitores que você pode ganhar aqui no Brasil?

     Em primeiro lugar quero cumprimentá-los! Quero agradecer pelo apoio que me foram e vão dando pelas páginas no Facebook e até como leitores-beta. E em segundo lugar, gostava de vos convidar a experimentar entrar neste meu primeiro romance YA… Eu escrevo, e sempre escreverei, por amor genuíno em criar histórias. Histórias não só para mim, mas para vocês. E é com vocês que pretendo continuar esta jornada que ainda agora começou. Com o vosso apoio. Só aprendendo é que nos tornamos melhores, e eu, que já aprendi tanto desde que comecei, espero poder contar convosco para aprender ainda mais.
Espero que vos possa apaixonar com as minhas histórias, até porque ler é muito mais que saber juntar palavras. É termos como que um refúgio só nosso, um refúgio que espero poder continuar a dár (-vos).

Soube que você está a preparar um novo livro. Poderia nos contar um pouco mais sobre ele?

     Sim, é verdade! Chama-se “Esquecido”. Trabalho nele já desde novembro de 2015 e está já perto de estar completamente concluído. A história segue um bocadinho a mesma linha d´O Bater do Coração, sendo que os leitores irão encontrar drama e bastante suspense. O romance não está esquecido, mas neste livro, que conta a história do Duarte, pretendo realçar a importância que as nossas memórias têm em nós. Quer no nosso crescimento, como na interação com os outros. Uma importância que só é dada quando as perdemos… Mas é nessas memórias que está escondido “um segredo” crucial para o desenrolar da ação secundária, que rapidamente passa a principal quando Duarte consegue ter consciência do que realmente lhe aconteceu…
     Para os mais curiosos, tenho já dois excertos no meu blog do manuscrito inicial. Ficarei contente com a vossa opinião.
      Espero conseguir dar-vos mais notícias em breve sobre esta mesma história.
     Agradeço novamente pela oportunidade Iago. Se puder fazer mais alguma coisa, ou se até puder anexar na entrevista links d´O Bater do Coração (para os leitores saberem onde podem comprar no Brasil), ficarei bastante agradecido.


Tem aqui um contacto direto comigo:

Abraço,

Diogo.

Espero que vocês tenham gostado da entrevista. Dúvidas ou sugestões deixem nos comentários ;)



Sobre Fixação Literária

Fixação LiteráriaSomos jovens escritores que almejam um lugar nesse vasto campo que é o universo literário e termos a chance de acrescentar na amargura do mundo uma gota de criatividade, duas colheres de elegância e uma pitada de imaginação. Créditos imagem - Mell Galli
Recommended Posts × +

0 comentários:

Postar um comentário