Milagre Obscuro | Resenha

Fala galera! Hoje eu trago para vocês a resenha de um livro que provocou em mim uma relação de amor e ódio. Estou falando do livro de: 

Patrick Alex
Milagre Obscuro

   Tenho de dizer primeiramente o motivo desse livro ser demandado de mim maior esforço do que qualquer outro livro até hoje. A história se passa em São Paulo, em um lugar relativamente próximo de onde vivo e trabalho. Por conta disso, decidi traçar os mesmos caminhos que o protagonista do livro traçou ao longo do enredo. Enquanto lia, passei por diversos trechos da cidade, tentando me aproximar dos personagens através da ambientação.
   A questão que você deve se fazer agora é: Por que todo esse esforço para ler o livro? A resposta é: Não o li apenas uma vez.
   Ao longo da primeira leitura eu tive estranhamentos com a história e principalmente com o personagem Dimitri

   O protagonista (Dimitri) é um garoto de uma família de classe média que é acima do peso durante sua infância e sofre bullying ao longo de todo o segundo ciclo do ensino fundamental. Ele conhece em meio ao tormento que estava vivendo uma linda garota chamada Selena, que se torna sua melhor amiga e seu amor/obsessão. Após um episódio onde seus familiares descobrem sobre o que se passa em sua escola ele é transferido para um novo colégio onde o bullying em si não existia, mas foi substituído pelo abuso moral que o professor de educação física pratica contra ele e Wesley, seu novo amigo.
   Nesse meio tempo descobre-se que ele possuí também uma nova amiga, Camile, personagem com quem Dimitri se envolve de forma meio confusa. Dentro da nova escola, Dimitri e Wesley são convidados por Danielle a irem a uma festa da antiga escola, onde Dimitri planejava encontrar Selena que, após um episódio também confuso, se afastou dele porque ele havia se tornado obsessivo e perturbado.
   Nesse encontro ocorrem alguns fatos que resultam na morte de Danielle e Selena. O fator chave da história começa aí. Selena e Danielle voltam à vida como uma espécie de vampiro que se alimenta de sangue e carne humana, mas que não possuem força extraordinária ou super velocidade ou qualquer outro elemento próprio dessa espécie.
  Dimitri se encontra com Selena, agora morta-viva, e passa a ficar obcecado novamente por ela, fazendo com que ele se afaste de seus novos amigos (Camile e Wesley) e comece a se envolver com mortes e pensamentos obscuros.

   O que me causou ódio na primeira leitura foi a postura de Dimitri que visivelmente sofre de Depressão, entre outros transtornos psicológicos, e afasta todos os seus amigos por conta de uma obsessão doentia que mantinha por Selena. Além disso, durante a primeira leitura eu não pude perceber alguns detalhes a respeito de algumas histórias que são contadas ao longo da narrativa principal, o que me fez perder o rumo de alguns acontecimentos do enredo.
   Durante a segunda leitura eu pude desenvolver um apreço muito grande por Camile, que é descrita pelo narrador como detentora de um poder místico - e que infelizmente não é explicado ou sequer abordado profundamente dentro da história; não são explicados também os efeitos o feitiço que ela conjura em latim em determinado ponto da história, o que me deixou um pouco triste.
   Wesley havia sido um personagem que odiei na primeira leitura e amei na segunda, pois percebi que ele tinha razão em suas decisões e em suas palavras durante uma discussão que mantém contra Dimitri, pois por culpa do amigo ele quase perde sua vida.
   Selena é o personagem que faz com que Dimitri cometa diversos erros, mas que nunca chega a retribuir qualquer sentimento do garoto, o que deixa bem claro que o que Dimitri sentia não era amor, e sim uma obsessão das muito doentias, a ponto dele ficar vigiando a garota pela janela enquanto ela ainda era viva.

   Para mim, apesar de ser uma excelente história e que eu gostei muito, houveram assuntos sem respostas que fizeram com que eu não me sentisse totalmente satisfeito. Ficou um gosto de "quero mais", visto que não foi explicado o motivo de Selena, Danielle e outros mais terem voltado à vida (tenho minha hipótese, que tem relação com a bebida que eles tomaram durante a festa, mas o autor não explica isso), ou se Camile realmente havia conseguido fazer o feitiço de sua avó e qual o efeito que ele poderia ter causado, ou mesmo durante o Epílogo, onde Selena afirma que "os mortos" haviam assassinado um determinado personagem e haviam a atacado também, e isso não é explicado. É uma informação dada ao vento e que desaparece sem explicação.

Eu espero que Patrick Aley tenha uma continuação, pois as perguntas sem resposta me fazem pedir por mais.

Sobre Fixação Literária

Fixação LiteráriaSomos jovens escritores que almejam um lugar nesse vasto campo que é o universo literário e termos a chance de acrescentar na amargura do mundo uma gota de criatividade, duas colheres de elegância e uma pitada de imaginação. Créditos imagem - Mell Galli
Recommended Posts × +

0 comentários:

Postar um comentário