Entrevista com Tânia Dias

Entrevista com Tânia Dias

   Gostaria de iniciar a entrevista falando sobre você. Segundo minhas pesquisas, você é uma mulher de 19 anos que após muitos anos como leitora, passou a escrever, e publicou seu primeiro livro. Quais foram os livros que mais marcaram sua infância e adolescência?
   Em pequena não lia muito, achava todo o processo aborrecido (risos), só comecei a ler quando tinha 10/11 anos. Porque vi um filme e fiquei muito curiosa e quis saber o fim. Que filme? Twilight (Crepúsculo). Depois de terminar a leitura de Eclipse e Amanhecer, não sabia o que fazer com a vida então continuei a ler.
Acho que Crepúsculo foi a obra que mais marcou a minha vida, porque sem aquela história não era leitora, não era escritora e não fazia parte desta comunidade linda que é a comunidade literária <3.

   Continuando na mesma linha de raciocínio, qual foi o motivo que te fez começar sua carreira como escritora?
 Depois de começar a ler e sendo uma pessoa extremamente criativa, segui inevitavelmente o caminho para a escrita. Queria contar o meu ponto de vista da vida de certas personagens depois do livro terminar.
  Não demorou a perceber que a minha paixão era fazer com que as minhas histórias fossem para os leitores o mesmo que tantas outras foram para mim. O resto foi muito natural, terminar um livro, publicar…

  Eu conheço muitos escritores portugueses, mas confesso que você é uma das mais jovens escritoras com que tive contato. Como foi a decisão de escrever um livro e como seus pais e amigos reagiram a isso?
  Oh, não houve decisão nenhuma de ‘’escrever um livro’’ eu peguei na história para me divertir (a ideia surgiu há 6/7 anos) e só quando terminei é que a minha família soube. Foi algo muito leviano, um ‘’escrevi um livro’’ atirado ao ar durante um jantar. Algumas amigas minhas sabiam, leram a obra depois de terminada (uma delas antes até) e encorajaram-me a seguir o meu sonho de partilhar a história da Alexia com o mundo.

   Passando agora para sua obra, percebi que há traços de literatura fantástica nele. Há alguma influência de algum clássico sobre sua criação?
Sou uma autora horrível se disser que não? (Risos)

  Percebemos que a protagonista do seu livro é uma personagem feminina e que aparentemente, pela sinopse, revela-se como uma pessoa frágil, mas que possui grande potencial para grandes feitos dentro de si. Você poderia falar um pouco sobre ela?
  Ai a Alexia…
  A Alexia tem o potencial de destruir o mundo e refazê-lo a imagem dela, mas tudo o que ela quer é que a mãe não esteja morta e não haja uma nação a depender das suas decisões.
  A nossa princesa vai sempre a luta mesmo que no seu intimo tudo o que deseja é enrolar-se numa boa chorar.
  A Alexia é alguém que tenta fazer sempre o melhor pelos outros, custe o que custar e que tanta gente se tente sacrificar por ela, despedaça-a. Deixa-a doida.
  Mas bemmmm…. Vão ter que ler para saber mais!

  E para finalizar, qual recado você gostaria de passar aos seus futuros leitores aqui no Brasil?
  Para os futuros?
  •        O que é que estão à espera?? Vão mesmo perder a chance de arranjar uma cópia do livro com um capítulo EXTRA!? Despedaçada é um livro que não deixa ninguém impune à sua mensagem, só precisam de lhe dar uma chance. 
  •    Mais! Despedaçada também tem a melhor autora do mundo, que está sempre disponível a falar com leitores despedaçados. 
  •      (o livro está disponível na livraria cultura para os meus leitores Brasileiros)  
  •      Muito obrigada por darem à Alexia uma oportunidade de entrar na vossa vida! Já vos adoro!

  Aos atuais?
  Adoro-vos tanto, tanto, tanto <3 são uma das melhores coisas da minha vida!!!
 Esta experiência não seria o mesmo sem vocês e nunca conseguirei expressar o quão feliz estou de vos ter a todos na minha vida <3

  Obrigada! Obrigada! Obrigada!


E para vocês, leitores da Fixação Literária, a novidade não acaba aqui não! Já recebemos o livro da autora e muito em breve vocês poderão conferir a resenha de Despedaçada (Broken) <3

Sobre Fixação Literária

Fixação LiteráriaSomos jovens escritores que almejam um lugar nesse vasto campo que é o universo literário e termos a chance de acrescentar na amargura do mundo uma gota de criatividade, duas colheres de elegância e uma pitada de imaginação. Créditos imagem - Mell Galli
Recommended Posts × +

0 comentários:

Postar um comentário